28 de fev de 2012

3 de mar de 2010

7 de jul de 2009

MASSAGEM MODELADORA

Esta massagem consiste em movimentos rítmicos, vigorosos e com maior pressão que outras técnicas de massagem.
Além disso, são utilizados cremes específicos para cada tipo tratamento.
Dentre as manobras utilizadas estão movimentos de amassamento, pinçamento, deslizamento e torcedura, ocorrendo um aumento na circulação sanguínea e modelagem corporal.
Indicações: redução de medidas, gordura localizada e celulite.

BANDAGEM REDUTORA

O tratamento associa as bandagens aos ingredientes dos cremes redutores, como mentol e cânfora, de efeito térmico, que resfriam a pele abaixo da temperatura do corpo. Com isso, há uma contração momentânea do volume corporal.
Ao mesmo tempo, os sensores térmicos (nas extremidades da pele) enviam uma mensagem para o hipotálamo para que o organismo normalize a temperatura. A partir daí, acontece um aumento da circulação periférica, o que melhora a oxigenação e ativa o metabolismo cutâneo até a hipoderme, camada da pele em que se encontram os depósitos de gordura, favorecendo a eliminação.
Os primeiros resultados aparecem a partir da décima sessão.
Pode ser feita uma ou duas vezes na semana. Mas não se pode esperar uma redução de medidas definitiva sem ações conjugadas: cardápio restrito e prática de atividade física três vezes por semana, além de uma boa postura.
Indicadas nos tratamentos de redução de medidas, celulite e etc.



GESSOTERAPIA

A gessoterapia é um tratamento de beleza que permite um resultado rápido na eliminação de celulite, flacidez e gordura localizada.
É a aplicação de bandagens de gesso lipolítico que contém oligoelementos ortomoleculares como, por exemplo, o cálcio e o magnésio.
Esses princípios potencializam o resultado dos tratamentos corporais, pois realizam oclusão, drenagem e eliminação de toxinas, permitindo redução de medidas, ajudando na parte de saúde além da estética.
É indicado para redução de medidas, flacidez e para modelagem corporal.
Cada cor do gesso representa o tipo de princípio ativo que contém.

GOMAGEM - ESFOLIAÇÃO CORPORAL

A esfoliação consiste em remover a camada de células mortas que são renovadas do nosso corpo, e ficam na superfície da pele.
Com a remoção dessa camada, a pele fica apta a receber e absorver melhor os princípios ativos dos cremes, específicos em cada tratamento.
Esse tratamento é muito utilizado no verão antes do primeiro bronzeamento e no final do verão para a retirada de peles mortas que ficam depois do bronzeado.
Recomendá-se também para pessoas que tem a pele extremamente seca e desidratada no inverno e no verão. Neste caso, o indicado é um número maior de sessões de hidratação para otimizar e manter um excelente resultado.
Utilizada como preparação em todos os tratamentos estéticos, pois deixa a pele mais sedosa e preparada para melhor penetração de princípios ativos.

6 de jul de 2009

SPA PÉS E MÃOS

As mãos e os pés merecem cuidados especiais!
SPA Pés e Mãos trata-se de um cuidado intensivo de hidratação nas mãos e nos pés.
Inicia-se com a esfoliação em ambos os membros, em seguida uma hidratação e para finalizar uma massagem com creme hidratante.Este tratamento melhora a textura da pele, clareia, hidrata, amacia e age na prevenção do ressecamento e de calosidades.
Hidratação intensa com resultados imediatos.
Para alíviar o cansaço dos pés, nada melhor do que um delicioso *escalda-pés com sais marinhos e algas, adicionados de ervas calmantes e relaxantes.


* cobrado à parte do SPA.

ESCALDA PÉS - ALÍVIO E BEM ESTAR

Anos antes de Cristo, os antigos já colocavam os pés na água para descansar e recuperar a saúde.
O bem antigo escalda-pés, usado por nossos avós, entra na categoria dos banhos terapêuticos; é um tratamento regenerativo, eficaz e simples.

A receita para um bom escalda-pés é:

* dois litros de água,
* três gotas de óleo essencial ou 30 gramas de erva.
O óleo essencial deve ser diluído antes de acrescentá-lo à água.
A diluição pode ser feita em uma colher de óleo de uva, gergelim ou algum óleo vegetal neutro para massagem.
Outra opção é diluir o óleo em uma colher de mel, que é também antibiótico.
Quando feito com plantas, as folhas e flores (partes mais delicadas) devem ser acrescentadas à água depois de tirá-la do fogo e abafar por 15 minutos (infusão). As partes mais duras (cascas e sementes) devem ser fervidas junto com a água.

O escalda-pés frio combate insônia e estimula a circulação periférica dos pés; já o quente auxilia no tratamento de gripes e resfriados.

Existm alguns óleos essenciais que dão um toque terapêutico para cada momento ou necessidade:
Cansaço: hortelã-pimenta ou alecrim (estimula a circulação e relaxa).
Varizes: cipreste
Diabetes: junípero
TPM: grape fruit (bom para combater a retenção de líquidos)
Depressão: bergamota
Insônia: lavanda ou manjerona
Para hidratar os pés: lavanda com 100ml de vinagre de cidra
Dor nas pernas: 1 colher de café de sal marinho com cipreste ou alecrim.
Resfriado: gengibre e alho macerado. Em seguida, ir para a cama pois melhora aproveitamento dos efeitos terapêuticos
Tensão: capim-cidreira em cozimento.

Simple e delicioso, principalmente se for realizada uma massage nos pés logo em seguida!

REVITALIZAÇÃO FACIAL

A Hidratação e Revitalização Facial consiste na aplicação de nutrientes e oligoelementos, em doses homeopáticas, através da pele.
É um tratamento regenerador, nutritivo, rejuvenescedor e proporciona um equilíbrio na pele. Auxilia no retardo do processo natural do envelhecimento, dando mais viço e luminosidade.

São usadas técnicas de: Esfoliação, Hidratação e Nutrição.
ESFOLIAÇÃO: é uma técnica que utiliza cosméticos com microesferas com a finalidade de retirar células mortas, preparando a pele para receber outros tratamentos, como por exemplo a hidratação, deixando a pele limpa, sedosa e uniforme, potencializando o resultado dos tratamentos.
É muito eficaz para a pele das pessoas que fazem brozeamento artificial ou se expõem ao sol, protegendo a pele e mantendo por muito mais tempo o bronzeado.
HIDRATAÇÃO: é um procedimento que objetiva reestruturar a pele, atuando sobre sua desidratação e tônus, causados pelo desgaste natural da pele e/ou pelo fotoenvelhecimento e outros, promovendo uma renovação celular, melhorando a textura, aparência e saúde da pele. Faz-se pela aplicação de produtos higroscópicos (que fazem a atração e a retenção de água nas células da pele) com a finalidade de suprir as necessidades diárias.

A pele sofre agressões diariamente devido à exposição solar, fumo, álcool e alimentação inadequada, isso acaba por eliminar com mais rapidez o conteúdo de água e nutrientes das células levando ao envelhecimento precoce. Para inibir este envelhecimento é preciso algo mais que a aplicação de um simples creme (que age apenas superficialmente), mas sim a aplicação de técnicas que favoreçam a adequada penetração dos produtos cosméticos otimizando os resultados.

NUTRIÇÃO E REVITALIZAÇÃO: A revitalização cutânea depende fundamentalmente da hidratação e da nutrição do tecido. Hoje em dia, com avanços na área da cosmetologia e da estética geral, temos a nossa disposição cosméticos com ativos de nutrição com a finalidade de repor vitaminas e nutrientes perdidos como: vitaminas, proteínas e oligoelementos, essenciais à saúde da pele e equipamentos que auxiliam na penetração destes.


A musculatura do rosto também precisa ser exercitada, para tonificar os músculos da face, do pescoço e do colo, assim como as outras partes do nosso corpo.
Os efeitos dessas práticas podem ser resumidos em aumento da circulação sanguínea, oxigenação das fibras musculares e a suavização das linhas de expressão.
Os exercícios devem ser feitos por 15 minutos todos os dias, porém, você pode praticar por 30 minutos se quer mudar seu aspecto.
Veja algumas dicas:
Papada: feche a boca e passe à língua no céu da boca. (10 x).
Testa: levante a sobrancelha o máximo possível por alguns segundos e volte ao normal lentamente. (10 x).
Pálpebras: aperte os olhos com força por cerca de 5 segundos e abra os olhos devagar. (10 x).
Maças do rosto: fale “o” e “xix”. (30 x).
Bochechas: sorria largamente com a boca fechada. (10 x).
Lábios: faça boca de patinho por alguns segundos e relaxe. (10 x).
Viu como é fácil!
Comece já!

12 de ago de 2008

Home: C.I.C.A. Terapias



DRENAGEM LINFÁTICA MANUAL

O que é Linfa?
A linfa é um líquido transparente e esbranquiçado, levemente amarelado ou rosado, alcalino e de sabor salgado, constituído essencialmente pelo plasma e por glóbulos brancos, que é transportado pelos vasos linfáticos em sentido unidirecional e filtrado nos linfonodos ou nódulos linfáticos. Após a filtragem, a linfa é lançada ao sangue, desembocando nas grandes veias torácicas.

Como acontece o edema?
Se um vaso sofre uma obstrução, o líquido se acumula na zona afetada, produzindo-se um inchaço denominado edema.

Para que serve a drenagem?
Retirada das toxinas do organismo, aumento das defesas, remove o excesso de líquido, desintoxica o tecido intersticial (entre células), melhora a oxigenação e nutrições das células e ajuda a melhorar a circulação sanguínea.

Drenagem linfática manual
É o conjunto de manobras que facilita o retorno da linfa até os vasos e gânglios, e após a filtragem da mesma, o retorno ao sangue.

MASSAGEM ANTI STRESS

Acalmar o corpo é acalmar a mente, e uma das maneiras de se obter isso, é através da massagem terapêutica anti-stress, que proporciona o relaxamento e o alívio do stress e das dores.
Através de manobras terapêuticas específicas como amassamento, deslizamentos e percussões, promove a melhora na circulação sanguínea, aumenta o fluxo de nutrientes, remove catabólitos e metabólitos (substâncias tóxicas das células) prejudiciais ao organismo, além de aliviar a dor e facilitar a atividade muscular.

Podendo ser realizada com:

* Bambu

* Toalhas

* Pindas com Ervas

BAMBU TERAPIA

A Bambu Terapia foi criada pelo fisioterapeuta francês Gill Amsallem serve tanto para acalmar como para energizar, acelerar, relaxar tecidos e fibras musculares.
Indicada para corpo, rosto e extremidades, a Massagem com Bambu é praticada com hastes de tamanhos e diâmetros variados, proporcionando sensações excepcionais.
Associada aos óleos essenciais (mornos) é uma técnica drenante, relaxante e remodeladora. O efeito circulatório é imediato. Os músculos são amaciados e as áreas de tensão dispersadas. Os bambus escorregam, rolam e giram nos relevos musculares. Nesta técnica, o profissional atua sobre a dinâmica dos fluidos, a linfa, o sangue e os líquidos intersticiais, favorecendo, assim, a drenagem e a regeneração dos tecidos.

O ritmo pode variar do lento ao rápido, do suave ao denso, do fluído ao estrutural, do rítmico ao estático. A técnica combina parâmetros de pressão, rapidez, durabilidade e amplitude de contato.

Efeitos:
- Dispersão das zonas de tensão.
- Amaciamento do tecido cutâneo.
- Amaciamento muscular e tendinoso.
- Revilalização
- Estruturação e desenho da silhueta com dinamização da circulação sanguínea e linfática.

FLORAIS DE BACH

"A vida não nos exige sacrifícios inatingíveis; ela nos pede que façamos nosso caminho com alegria no coração e que sejamos uma bênção para os que nos rodeiam, de forma que, se deixarmos o mundo apenas um pouquinho melhor do que era antes da nossa visita, teremos cumprido a nossa missão." Dr. Bach


O Que São Os Florais de Bach?
Quando nos sentimos bem, realizados e felizes, estamos em equilíbrio com tudo e conseguimos transmitir esse bem estar a todos que nos rodeiam.
Porém, com os acontecimentos da vida, às vezes precisamos de um pouco de ajuda para alcançarmos este equilíbrio e seguirmos em frente. É nesse momento que os Florais de Bach podem ajudá-lo.
Criados por um médico inglês nos anos 30, os Florais de Bach são 38 essências de plantas e florais que podem ajudá-lo a administrar as pressões emocionais do dia-a-dia.

Cada floral é indicado a uma emoção específica.
Pesquisas recentes sobre as emoções e o sistema imunológico reforçam o ponto de vista de que a saúde emocional e a saúde física estão relacionadas.

Cada vez mais, peritos médicos concordam que uma mente saudável garante realmente um corpo saudável. Os Florais de Bach podem ajudá-lo a controlar os seus sentimentos e aproveitar melhor a vida.

De Onde Vêm Os Florais de Bach?
Edward Bach foi um médico de Harley Street, bacteriologista e pesquisador bem conhecido. Identificou 38 estados negativos da mente e criou uma essência floral ou de planta para cada um.
Passou os últimos anos de sua vida num pequeno chalé chamado Mount Vernon e foi ali que ele concluiu suas pesquisas. Hoje Mount Vernon é mais conhecido como The Bach Centre (O Centro Bach) e os atuais responsáveis continuam a produzir as tinturas mãe (o primeiro processo na elaboração dos Florais) utilizando em muitos casos os mesmos locais identificados por Dr. Bach nos anos 30.

TRATAM A PESSOA E NÃO A DOENÇA. A CAUSA E NÃO O EFEITO.
Dr. Edward Bach, nasceu a 24 de setembro de 1886 em Moseley, Inglaterra; cresceu mostrando grande amor ela natureza e um interesse especial em aliviar o sofrimento humano.
Reconhecido médico homeopata e patologista em saúde pública, completou sua obra com a descoberta dos "Florais de Bach" nos anos 30 deste século em Mont Vernon na Inglaterra. Segundo ele, para se recuperar de uma doença, é preciso ter uma mente sã. Os Florais de Bach ajudam a restabelecer um equilíbrio das emoções negativas.

GEOTERAPIA

O que é Geoterapia?

A Geoterapia é um tratamento holístico e natural com frutos da terra. Todos os antigos povos do oriente e do ocidente usavam a geoterapia para amenizar e cuidar de desequilíbrios físicos e emocionais.

Os egípcios usavam-na mesmo em mumificação de cadáveres e os romanos em banhos terapêuticos. Os povos antigos através da prática empírica aprenderam a conhecer as propriedades medicinais da argila e usavam-na como uma panaceia. Era usada sob a forma de cataplasma, banhos, compressas ou ingerida.

As propriedades terapêuticas da geoterapia fundamentam-se no poder regenerador que tem a Terra. Universalmente, a terra é a matriz que concebe as fontes, os minerais, os metais, além de ser fonte de água e alimento.

A argila é composta por um conjunto de minerais como o cálcio, magnésio, sódio, potássio e oligoelementos como a sílica, boro, alumínio, ferro, titânio, cobre, selénio, zinco, lítio, manganésio e níquel. As proporções destes elementos químicos variam conforme a origem da argila e são responsáveis pelas acções terapêuticas. Em comum todas apresentam elevada percentagem de sílica e alumínio, o que explica as suas propriedades cicatrizantes, anti-inflamatórias, anti-térmicas e adsorventes. A sua riqueza em electrões livres dota as argilas de características muito reactivas e energéticas.

Atualmente, nas clínicas naturalistas, a argila tem sido amplamente utilizada, sozinha ou associada a outros elementos. No caso da geoterapia estética, a máscara de argila é aplicada para promover a estimulação das células quando seca

As propriedades gerais comuns a todos os tipos de argilas são:

Ativadoras do metabolismo devido às trocas energéticas entre os electrões livres.

Absorventes, por absorverem radicais livres (toxinas).

Anti-inflamatórias, por reduzirem edemas e inflamações.

Anti-oxidantes por anularem radicais livres.

Em suma são purificadoras da pele e do organismo.

OLIGOTERAPIA

A Oligoterapia é uma ciência que tem como objetivo principal equilibrar os minerais e vitaminas em nosso organismo.
O terapeuta, através de uma pesquisa minuciosa com o cliente, detecta quais são suas carências minerais e por meio de técnicas de ionização, bandagens e procedimentos específicos da Ortomolecular, repõe os mesmos nutrindo assim as deficiências do cliente para que o mesmo obtenha uma vida saudável com bem estar.
Na ausência de minerais, fica aberta a porta para ansiedade, nervosismo, stress, depressão entre outras disfunções podendo levar à graves estados patológicos. Esta ausência proporciona também sintomas desconfortáveis ao organismo, os quais não são detectáveis em exames convencionais mas, o indivíduo sente que há algo que está em desarmonia.

A OLIGOTERAPIA: Devemos analisá-la sob dois aspectos : a prevenção e os estados patológicos anifestos. É no campo da prevenção que a oligoterapia demonstra-se como uma arma indispensável. Alguns médicos chegam a atribuir a ela um papel exclusivo ou pelo menos um lugar privilegiado quantificável em cerca de 80% das prescrições. O percentual restante é reservado aos minerais que requerem doses mais “substanciosas” (como o magnésio, o potássio, o cálcio) ou da integração das vitaminas (grupo B,E,C). Nos estados patológicos manifestos, a oligoterapia será utilizada como um complemento (indispensável) às terapias clássicas.

OLIGOTERAPIA E MEDICINA ALOPÁTICA: A associação da oligoterapia aos fármacos alopáticos não apresenta nenhum inconveniente. Ao contrário, os oligoelementos, na grande maioria dos casos reforça a ação dos antibióticos e dos quimoterápicos anti-infecciosos modernos, permitindo assim uma cura mais rápida e uma redução das doses deles, e ainda, as recaídas e as recidivas serão mais raras (ou mesmo suprimidas.), pelo fato de se ter atacado o agente patogênico e modificado a receptividade às infecções.

OLIGOTERAPIA E FITOTERAPIA: Vários fitoterapeutas que utilizam oligoelementos tem observado que as duas terapias são absolutamente complementares.

OLIGOTERAPIA E A HOMEOPATIA: Sabemos que numerosos adeptos das teorias Hanemaniana utilizam voluntariamente oligoelementos paralelamente à homeopatia, com excelentes resultados. Dada sua formação, os homeopatas são mais aptos a entender o papel dos oligoelementos como reguladores do fator “terreno”. Não se pode no entanto confundir as duas terapias, que são distintas tanto pelo sua concepção teórica como pelas suas aplicaões práticas. Deve-se ter em conta unicamente que as duas terapias são compatíveis e complementares.

OLIGOTERAPIA E ACUPUNTURA: Ciência milenar que tem mais de um traço comum com a oligoterapia. A acupuntura foi a primeiras das práticas médicas que dispos a tratar o doente e não a doença determinada. Foi a primeira que também procurou , graças à aplicação das agulhas, modificar o terreno particular da doença.

OLIGOTERAPIA E FISIOTERAPIA: Tão importante como efetuar boas manipulações vertebrais , ou mais genericamente, articulares, é se melhorar o estado geral do paciente a fim de evitar recidivas. É certo que ginásticas médicas, reeducações funcionais são muito importantes. Mas , um sujeito fatigado ou apresentando lassidez ligamentar, ficará sujeito a recidivas.Daí ser importante o tratamento com oligoelementos, que permitirá recuperar seu estado de saúde e consolidar os ligamentos.

CROMOTERAPIA

Cromoterapia é uma ciência que se utiliza das diferentes CORES para o equilíbrio do SER HUMANO. No desequilíbrio, altera ou repõe as vibrações para que resulte em “saúde”, através da qualidade das cores dentro da vibração específica de cada um.
A Cromoterapia traz benefícios aos portadores de qualquer disfunção, começando por aliviar as dores e finalmente pela recuperação, na maioria dos desequilíbrios. Traz o equilíbrio do fluxo energético e trata a causa física, eliminando a dor e restabelecendo a saúde após uma série de aplicações, numa média de dez a quinze.
A cromoterapia consta da relação das principais terapias alternativas ou complementares reconhecidas pela OMS em 1976, de acordo com a Conferência Internacional de Atendimentos Primários em Saúde de 1962, em Alma-Ata.

Os adeptos da medicina natural têm muita simpatia pela cromoterapia e existem vários médicos naturalistas, inclusive no Brasil, que costumam aplicá-la com sucesso. Alguns deles não hesitam em considerar a cromoterapia como parte importante da medicina do futuro, devido a sua simplicidade, facilidade de aplicação e eficácia.

Como as cores funcionam:
Ninguém duvida que as cores exerçam uma influência específica, cada uma a seu modo, nas pessoas, nos animais e até mesmo nas plantas. Existem estudiosos que admitem uma espécie de campo vibratório emitido por cada uma das cores e suas tonalidades. Esse campo determinaria a sua influência através da modificação do padrão vibratório molecular do campo energético do ser vivo. Isso explicaria o fato de a cor influenciar e modificar até pessoas com olhos vendados, sem contato visual com o padrão colorido. Os animais e plantas estariam na mesma situação.


As duas teorias:
Entre os psicólogos existe uma tendência a entender o efeito das cores como resultado da interferência do campo vibratório da cor no campo energético sutil (aura) dos seres vivos. Mas a teoria mais aceita é aquela que explica os efeitos das cores como resultado das modificações que estas provocam no sistema nervoso. O estímulo colorido, depois de captado pelos olhos, é conduzido ao cérebro e ali produzem transformações bioquímicas que resultam em sensações psíquicas e somáticas. Assim, surgiram sensações como a leveza do branco, a suavidade a e alegria do amarelo, a profundidade do azul, a estimulação do vermelho. E também apareciam modificações fisiológicas, como aumento ou diminuição da pressão arterial, alterações de freqüência cardíaca, aumento ou diminuição de cólicas e espasmos, etc. esta teoria mais atraente, mas também a mais incompleta, pois não explica os efeitos apresentados por animais, plantas e por pessoas com olhos vendados submetidos a projeções fortes de focos luminosos coloridos.


As cores do Espectro são:
VERMELHO = aumenta a energia vital.
LARANJA = proporciona maior alegria, jovialidade e libido.
AMARELO = desenvolve a criatividade, purifica o sistema e é
benéfico para a pele.

VERDE = aumenta a capacidade física e mental.
AZUL = acalma e equilibra, é analgésico, regenera as células
dos músculos, nervos, pele e aparelho circulatório.

ANIL = lubrifica as juntas e articulações.
ROSA = age como desobstruidor e cauterizador das veias,
vasos e artérias e elimina impurezas do sangue.
VIOLETA = sedativo dos nervos motores e sistema linfático,
cauteriza as infecções e inflamações.

REIKI

Princípios do Reiki:
Hoje eu abandono a raiva.
Hoje eu abandono as minhas preocupações.
Hoje eu conto com todas as minhas bençãos.
Hoje eu faço o meu trabalho honestamente.
Hoje eu sou gentil com todas as criaturas vivas.

Reiki é um método de cura natural pelas mãos.

REI significa universal e KI a força da energia vital que está presente, pois pertence ao que é cósmico.
Reiki pode ser então definido como " a Arte e a Ciência da ativação, do direcionamento e da aplicação da Energia Vital Universal, para promover o completo equilíbrio energético, para prevenção das disfunções e para possibilitar as condições necessárias a um completo BEM ESTAR ".

Esta é a ENERGIA que forma os indivíduos em todas as etapas da vida, a porção de FORÇA VITAL (que é uma luz invisível que passa pelo cérebro, o sistema nervoso e as veias) que anima todos os corpos, fazendo com que uns sejam saudáveis, e outros, devido a sua falta, enfermos.

O Reiki deve percorrer todo o ser vivo. Mas o "stress" diário, as tensões que as crises pessoais e sociais nos criam, a má alimentação, a má respiração, impedem o fluxo desta energia natural.
Todos sabemos os efeitos da depressão, da ansiedade, do medo, mas poucos de nós somos treinados para evitar estes estados negativos.
O grande sucesso do Reiki é que é seguro, é fácil, acessível a qualquer criança, é simples e, uma vez ativado, permanece energizando o sistema orgânico que recebeu sua aplicação. Também por não ter conotação religiosa e não intervir com outros tratamentos, sua prática vem crescendo dia a dia.